SESCON-RS acompanha as dificuldades do cumprimento da DIRF

de de

O SESCON-RS, integrante do Sistema Fenacon, acompanha de perto a questão envolvendo o prazo de entrega da Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte – DIRF, relativo ao ano-calendário de 2016, que foi antecipado em 15 dias. Em dezembro, a Fenacon encaminhou um oficio solicitando a manutenção da data para o último dia útil de fevereiro. No entanto, até o momento ainda não obteve retorno da Receita Federal.

A Fenacon, por meio do Presidente Mário Berti e do diretor de assuntos parlamentares, Valdir Pietrobon, vem desde o final de 2016 mantendo contatos regulares com os órgãos governamentais, no intuito de solucionar a questão. O atraso da Receita Federal em colocar à disposição dos contribuintes o programa gerador da Dirf (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte) também tem gerado apreensão no meio contábil.

O prazo final de entrega da obrigação acessória anual, uma das mais complexas na elaboração pelo volume de dados informados, foi antecipado para o dia 15 de fevereiro.

O documento da Fenacon cita ainda alguns pontos, tais como:

  • – Normalmente, no mês de fevereiro temos o feriado do carnaval, o que já diminui consideravelmente o tempo para elaboração dessa obrigação;
  • – Demora no fornecimento dos Comprovantes de Rendimentos por parte das Instituições Financeiras, das Administradores de Cartões de Crédito, etc;
  • – Volume grande de trabalho no início do ano para encerramento das contabilidades;
  • – 90% das empresas no Brasil não tem sistemas integrados e informatizados, logo a remessa e fluxo de documentos para encerramento dos balanços é morosa.

Clique aqui e confira o requerimento na íntegra.