Com a proposição da vereadora Lourdes Sprenger, a câmara municipal de Porto Alegre prestou homenagem aos 35 anos do SESCON RS. Na sessão especial a diretoria foi representada pelo presidente Flávio Ribeiro Júnior, pelo vice-presidente Legislativo Celso Luft e pelo diretor Antônio Azambuja.
Sprenger, que é contadora, destacou o trabalho do sindicato, que atende mais de 40 mil empresas públicas e privadas, de pequeno, médio e grande porte. “Hoje eles atuam em todas as instâncias ou fases de uma empresa, assessoramento, registros, orientações. São os aspectos contábeis e jurídicos que muitas vezes achamos que é fácil abrir uma empresa, que não buscamos um assessoramento maior e as consequências não são agradáveis.” afirmou.
Em seu pronunciamento, o presidente do SESCON RS, Flávio Ribeiro Júnior iniciou sua fala agradecendo à Câmara de Vereadores de Porto Alegre pela significativa homenagem pela comemoração dos 35 anos de fundação da nossa entidade empresarial.
“Muito nos honra ocupar este púlpito onde são defendidas ideias em prol de uma sociedade mais solidária e fraterna. De projetos que visam o desenvolvimento econômico e social.
Muito embora tenha tomado posse como presidente do SESCON RS há poucos dias, para uma gestão até 2024, a nossa entidade tem sido parceira de ações desta casa, seja na construção de projetos legislativos, seja em projetos de gestão pública eficaz”, discursou.
O presidente também destacou a participação do SESCON RS no projeto de economia de compras da prefeitura de Porto Alegre, com a liderança do vereador Idenir Cecchim e da Comissão de Finanças e Orçamento desta casa, com apoio do Observatório Social de Porto Alegre. Houve uma economia de 27 milhões aos cofres públicos municipais.  Por certo esta economia se traduziu em oferecer mais saúde e educação aos porto alegrenses,” falou na tribuna.
E prosseguiu: “É neste sentido que o SESCON-RS sido parceiro da nossa Câmara dos Vereadores dentro de um projeto denominado Gestão Pública Eficaz. Nossa atuação vai ao encontro dos agentes públicos que buscam atribuir a qualidade de valor dos impostos em contrapartida da entrega de serviços à sociedade”, disse.
35 anos
Da tribuna o presidente contou a trajetória da entidade. “No próximo dia 16 de junho comemoramos 35 anos de um história que nasceu para representar as empresas de serviços contábeis, de auditoria, de perícias contábeis, de assessoramento técnico, de informações e de pesquisas. São mais de 40 mil empresas representadas pelo SESCON RS no Estado.
Como outras entidades de classe e sindical, também começamos pequenos, com apenas uma pequena sala comercial na avenida Assis Brasil. Desta época aos dias de hoje crescemos em patrimônio e no número de empresas de serviços por nós representados.
Temos hoje uma sede própria, com um centro de eventos e um estacionamento para atender aos sócios e participantes das nossas atividades. Investimos em educação continuada através de grupos de gestão, do nosso curso de pós graduação de empresas de serviços, além de cursos pontuais para atender as demandas dos profissionais e empresários contábeis”, historiou aos vereadores.
O presidente destacou ainda “o nosso Programa de Qualidade Contábil, que teve origem no Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade. Com um programa específico para nosso setor, o PQC é um sucesso com a participação de empresas contábeis e de serviços de todo o Estado”, disse.
“É seguindo os propósitos dos nossos fundadores, bem como a filosofia de renovação de suas diretorias, que o SESCON RS irá seguir seu rumo na consolidação de seus valores éticos e de sua gestão focada na defesa de seus associados e representados” concluiu Flávio Ribeiro Júnior no seu pronunciamento na câmara municipal de Porto Alegre. (Guto Moisés/Office Press)