Dezembro é o mês de ajudar crianças e idosos

de de
SESCON-RS - Eventos Escolha o Destino - 04122017

Para crianças, adolescentes e idosos em situação de vulnerabilidade, o mês de dezembro é emblemático. E os empresários e profissionais contábeis tem papel fundamental nisso. Até o dia 26 do mês é possível destinar 6% do imposto de renda devido para os fundos de apoio estaduais. Pensando nisso, o Governo do Estado, com entidades parceiras, entre elas o SESCON-RS, promoveram evento no Palácio Piratini para divulgar a campanha Escolha o Destino, que visa canalizar as doações para as instituições que acolhem crianças, adolescentes e idosos.

O encontro contou com a presença do Governador José Ivo Sartori, da Primeira Dama, Maria Helena Sartori, além de lideranças do poder público e empresariais. O presidente do SESCON-RS, Diogo Chamun, falou em nome das entidades parceiras. “Nós fomos ver pessoalmente como são aplicados esses recursos. Visitamos a instituição AMO Criança em Novo Hamburgo, que auxilia crianças com câncer, de maneira organizada e com grandes resultados. Isso nos engaja ainda mais”, ressalta Chamun. Na ocasião, também ocorreu o repasse de recursos para 50 projetos de instituições que trabalham com pessoas carentes. Ao todo foram repassados mais de R$ 3,6 milhões.

A campanha Escolha o Destino iniciou em 2015, por meio de um Grupo de Trabalho formado por integrantes do Governo do Estado e entidades como SESCON-RS, CRCRS, Famurs, Conselho Estadual da Criança e Adolescente, Conselho Estadual da Pessoa Idosa, Parceiros Voluntários, Banrisul, Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado. Esse grupo se reúne mensalmente para estabelecer estratégias de divulgação e facilitação para as doações. A diretora Lúcia Elena Haas representa o SESCON-RS no Grupo. A coordenação está a cargo da Primeira Dama do Estado, Maria Helena Sartori.  

SESCON-RS - Evento Escolha o Destino - 04122017 b1

O contador tem papel fundamental nessa batalha! É ele quem orienta o seu cliente para a destinação e explica que esse gesto não terá custo algum para o contribuinte. Saiba mais sobre a campanha no site www.escolhaodestino.rs.gov.br e ajude para que dezembro seja também conhecido como o mês da solidariedade!

CRESCIMENTO – Quando iniciou os trabalhos, o grupo tinha a meta de ampliar a arrecadação de R$ 7 milhões. Já no primeiro ano (2015), ela praticamente dobrou, batendo na casa dos R$ 13 milhões. Em 2016, outro resultado significativo: se chegou a expressiva quantia de R$ 20 milhões destinadas aos fundos. “As pessoas sempre dizem que pagam imposto e nunca veem o resultado. Pois esta é uma oportunidade de escolher o destino do seu dinheiro e ver, sim, os benefícios”, afirma a Primeira Dama do Estado.

Porém ainda há muito o que avançar, pois o universo de arrecadação chega aos R$ 370 milhões. “É um incansável trabalho, feito a muitas mãos, por uma rede de colaboradores e parceiros engajados na transformação social do RS. Precisamos do envolvimento de todos para que as políticas sociais cheguem a todos os municípios e aos cidadãos que mais precisam de ajuda”, destacou o Governador.