Modelo Disney no segmento contábil

de de

ROBERTO DIAS DUARTE

Roberto Dias Duarte é uma das referências em tecnologia e inovação no segmento contábil em todo o Brasil. Conceituado consultor, já realizou mais de mais de 1.000 palestras e treinamentos no Brasil, EUA e Europa. Dias Duarte vai estar em Porto Alegre no dia 11 de janeiro para a palestra Como implantar o padrão de excelência Disney no seu escritório contábil. O encontro ocorre no Centro de Eventos SESCON-RS e faz parte da programação alusiva ao Dia do Empresário Contábil. Saiba mais pelo e-mail eventos@sesconrs.com.br  

SESCON-RS- Qual a tua opinião sobre a contabilidade online? 

ROBERTO DIAS DUARTE – Um dos temas mais frequentes em encontros de empresários do setor contábil é a valorização dos seus serviços por parte dos clientes. A crescente tecnologia trouxe para o meio contábil conceitos como a contabilidade digital e a contabilidade online. Mas é importante diferenciá-los enquanto dois modelos de negócios para prestação de serviços contábeis.

Enquanto a contabilidade online se restringe à escrituração e a demonstração, o modelo de contabilidade digital se propõe a utilizar a tecnologia da informação para automatizar, tanto quanto possível, a escrituração e a demonstração, liberando tempo para que “o profissional exerça a sua função científica”.

Para dizer de forma clara: o contador que se posicionar como um consultor e buscar entregar serviços de maior valor ao seu cliente de uma forma eficiente e lucrativa, continuará a ser insubstituível.

SESCON-RS – Os softwares contábeis já atendem plenamente as necessidades das empresas?

DIAS DUARTE – Muita gente tem me questionado sobre esse ponto. Qual seria, afinal, o melhor sistema para a automação das tarefas de um escritório contábil? Em primeiro lugar, há um entendimento equivocado com relação ao uso da tecnologia neste setor. A maior parte dos escritórios cai no “canto da sereia” e adota tecnologias sem o menor planejamento. O resultado, na maioria das vezes, é desastroso: mais custos, estresse e prejuízos.

O caminho é estudar, diagnosticar seu modelo de negócios, público-alvo e oferta de valor. A partir disso, é possível promover uma remodelagem no padrão e na arquitetura tecnológica para atendimento e captação de clientes. Ferramentas inovadoras, temos várias. Mas qual delas realmente vai maximizar as receitas e reduzir meus custos? 

SESCON-RS – Qual vai ser o foco da sua palestra em Porto Alegre, no dia 11 de janeiro?

DIAS DUARTE – O mercado de serviços contábeis passa por uma enorme transformação em todo o mundo. A tecnologia muda a forma de execução e entrega dos serviços. Por outro lado, há um processo de “uberização” do mercado levando boa parte das empresas do setor a uma competição por preços. O objetivo da palestra é mostrar como aumentar a produtividade e simultaneamente agregar valor aos serviços utilizando a metodologia “Culture by Design” adotada por empresas globais como a Disney.

SESCON-RS –  Quais são os passos para que a empresa de contabilidade deve dar para se adequar ao novo paradigma? 

DIAS DUARTE – Para aumentar o valor dos serviços de contabilidade, os contadores devem automatizar as etapas da captura de dados, produção de relatórios, cálculo de tributos; assim poderão dedicar mais tempo para análises, apresentação de soluções e impacto junto aos clientes. Só assim, eles serão capazes de aumentar a proposta de valor do escritório contábil.

Alguns escritórios de contabilidade já superaram a fase inicial e apresentam relatórios que permitem a análise de dados importantes para o crescimento da empresa. Nesta fase, o profissional da contabilidade percebe que a comunicação, empatia e experiência do cliente são tão importantes quanto as atividades técnicas para a produção das análises.

No terceiro nível, há uma pequena quantidade de escritórios oferecendo serviços de planejamento tributário, estratégico, avaliação de empresas e consultorias para fusões e aquisições. Obviamente que o mercado consumidor destes serviços é composto por grupos muito diferentes de empreendedores.