Painel sobre Reinf e e-Social terá presença do Presidente do SESCON-RS

de de

180305painel CRCRS

 

Com as constantes transformações tecnológicas nos dias de hoje, a forma de declarar informações aos órgãos de fiscalização também mudou. Uma das alterações mais significativas e que precisa de muita atenção é referente à Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras informações Fiscais (EFD-Reinf), que veio para substituir a Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIP) e a Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf). A EFD-Reinf faz parte do eSocial.

Para esclarecer e orientar sobre o tema, o Conselho Regional de Contabilidade (CRCRS), em parceria com o Sescon-RS, realizará, no dia 8 de março, das 14h às 16h, no Teatro do Bourbon Country (Avenida Túlio de Rose, 80), o painel “Soluções de TI para eSocial e REINF – Os Desafios do Momento”, com as participações do Presidente do Sescon-RS, Diogo Chamun; do coordenador do Conexão Sped 2017, Mauro Negruni; da auditora fiscal da Receita Federal do Brasil, Alexsandra Basso; e do coordenador do GT Sped do Conselho Federal de Contabilidade e conselheiro do CRCRS, Paulo Roberto da Silva, sob a mediação do presidente do Sescon-Serra Gaúcha, Joacir Reolon.

O assunto é importante, uma vez que, desde 1º de janeiro, está obrigada a prestar informações por meio da EFD-Reinf a pessoa jurídica que obteve faturamento superior a 78 milhões de reais durante o ano de 2016. Já quem obteve faturamento até este valor, precisará declarar a partir de 1º de julho de 2018. Serviços tomados e prestados por pessoas jurídicas sobre os quais incidem retenção de contribuição previdenciária e/ou Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF), a Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta (CPRB), são exemplos de informações que devem ser declaradas.

As inscrições para o painel são gratuitas. Porém, a organização convida aos participantes para uma corrente de solidariedade, trazendo 1kg de alimento não perecível.

Mais informações, acesse ao site do CRCRS, http://www.crcrs.org.br/ .

 

(Obs: Texto em parceria com a Assessoria de Comunicação do CRCRS)