SESCON-RS assina nota conjunta para risco de novas restrições

de de

Porto Alegre, 25 de novembro de 2020.

Manifesto à população de Porto Alegre:

Nos últimos dias, nos deparamos com um aumento expressivo de contaminação pelo coronavírus na Capital, o que leva nossas estruturas de saúde voltarem a ficar sobrecarregadas. Vivemos hoje uma procura alta pelos hospitais e uma grande ocupação de leitos de UTI, o que faz com que nossos governantes repensem todas as flexibilizações que conquistamos até agora.

Mas entendemos que não é hora de retrocedermos com novos fechamentos ou redução de horários. Tal atitude seria extremamente preocupante para a recuperação dos negócios e, consequentemente, de toda a cidade de Porto Alegre. Entendemos que, para evitarmos novas medidas drásticas, toda a sociedade precisa se unir, ainda que distante fisicamente.

Não podemos, agora, relaxar nos cuidados como manter o distanciamento, evitar aglomerações, usar máscara e álcool gel, e todas as medidas que aprendemos com essa doença, que estão descritas nos decretos municipais. Não podemos deixar a Covid-19 nos debilitar novamente.

Sendo assim, para que possamos reconstruir nossa cidade, recuperar nossas empresas, resgatar empregos e retomar o desenvolvimento, as entidades abaixo, signatárias deste manifesto, apelam à população que siga os protocolos à risca. O mundo inteiro está unido contra a Covid-19 e somente dessa forma conseguiremos vencer.

Sindilojas POA
Sindha
CDL POA
SESCON-RS
SINEPE-RS